quinta-feira, 5 de maio de 2005

Quando tudo o que eu digo é pouco

Acho que nunca antes tive esta sensação. A de que tudo o que eu disser é pouco... Sempre fui uma pessoa extremamente falante (ao ponto de "cala a boca, Patrícia" me soar normal), nem sempre com conteúdo, confesso. As palavras sempre urgiram para sair de um modo ou de outro.

Mas agora, palavras nunca vão bastar. Tudo o que eu disser será pouco.

Desculpem o meu silêncio. Aqui dentro tudo grita. Quero gritar para o mundo. Mas ainda não dá.

Falta mais um degrau.

Só mais um.

(Silêncio!)

11 comentários:

  1. Entendi a mensagem subliminar, ó orácula Patrícia. Manterei a minha pessoa em silêncio meditante: ohhhmmm...

    ResponderExcluir
  2. Ahn...tem uma mensagem subliminar???
    Tá legal, silêncio: (.......)

    ResponderExcluir
  3. Isso tem nome: Felicidade!
    Se vc está feliz, jo ertoy muy felice también!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. Hey Paty, fiquei sabendo que dia 29 vai ter parada gay na Av. Paulista!
    E ae topas ir???
    Eu to doida para dar uns pulinhos por lá!!!!

    ResponderExcluir
  5. ...há horas em que as almas dizem mais do que se pode verbalizar...

    ResponderExcluir
  6. Como dizia um amigo meu "a unica sensacao preocupante eh a de estar cagando pra dentro, o resto eh frescura!"
    eu nao concordo com ele, acho que essa tambem eh frescura!...kkk...

    ResponderExcluir
  7. Ae Paty, aqui é o Marcelinho!! Ou, coloquei um link do teu blog lá no meu, tudo bem?

    O meu é: cisonocasino.blogspot.com

    Bjs,
    MArcelinho

    ResponderExcluir
  8. ..........................
    (eu ja vi esse comment em algum lugar.. ahahah)

    (ps:) (mensagens em parenteses nao sao coisas ditas.. mas pensadas.. entao nao quebrei o silencio.. ahaha.. )

    ResponderExcluir
  9. Patrícia,

    Seus comentários são sempre muito inteligentes. Admiro muito seu modo de ver o mundo :) Quem sabe um dia eu não alcance algum entendimento e não me sinta tão "fora d'água" assim.
    O silêncio é uma forma de falar, e fala muito mais do que palavras.
    Quando subir esse degrauzinho aí, grite! :)

    Bjous :*

    ResponderExcluir
  10. Há momentos em que também sinto que falo demais, e gostaria de me calar um pouco... mas quem disse que consigo? :-)

    ResponderExcluir
  11. marciopalatinmaio 15, 2005

    Patricia a vida tem seus altos e baixos é natural, e mais natural ainda é quando nos sentimos assim, quando temos muitas palavras dentro de nós mas não temos as letras para formá-las.
    Quando nos sentimos assim é que estamos com machucados que estão cicatrizando, e que quando cicatrizados ficará a cicatriz nao tem jeito, mas aquele ponto será um ponto forte depois.
    A gente sempre aprende depois de um erro, seja por bem ou por mal.
    Felicidades =o)
    Márcio

    ResponderExcluir